Sindicato preocupado com contratos de 15 enfermeiros no CHO

0
264

O Sindicato dos Enfermeiros de Portugal (SEP) está preocupado com a situação contratual de um grupo de enfermeiros no Centro Hospitalar do Oeste (CHO) e marcou uma conferência de imprensa para a manhã desta quinta-feira, em frente ao hospital das Caldas da Rainha, na qual vai dar voz a essas preocupações.

O SEP recorda que a ação de denúncia do SEP foi determinante para a renovação dos
contratos de 15 enfermeiros do CHO cujo vínculo terminava em abril. “Estava em causa, a não autorização de renovação de 15 contratos de Enfermeiros, por parte do Ministério da Saúde, que terminavam no fim de Abril, o que acarretaria um agravamento das condições laborais e a diminuição na qualidade, quantidade e segurança dos cuidados de saúde”, refere o sindicato em nota de imprensa.

Os enfermeiros acabaram por ver os contratos estendidos por mais quatro meses, mas estes estão, novamente, a terminar e “abate-se outra vez a incerteza aos enfermeiros que aguardam uma resposta do Conselho de Administração (CA) do CHO”, refere o SEP, que considera esta situação recorrente “inadmissível”.

O sindicato pretende que o Ministério da Saúde autorize a vinculação definitiva e imediata destes enfermeiros, mas que, “sobretudo aprove os “Mapas de pessoal” das instituições, para que estas possam vincular e contratar, os enfermeiros (e outros profissionais), que têm sido indispensáveis para responder às necessidades assistenciais das populações”.