41 – Um restaurante que parece uma casa antiga com comida moderna

0
157
Bruno Gaspar é o responsável pela gestão do novo restaurante na vila medieval

Abriu em Óbidos um novo restaurante, no número 41 da Rua Direita, com gastronomia portuguesa, mas não só

Ao passar na rua, é possível que não se aperceba que ali está um restaurante. O espaço do “41” tem uma porta aberta para a Rua Direita de Óbidos e, ao olhar, quase parece uma casa, com uma decoração vintage.

O “41” combina a cozinha portuguesa com cozinhas do mundo

O restaurante “41” abriu as portas há cerca de três semanas. Neste espaço já havia funcionado um restaurante, que pertencia aos mesmos proprietários, mas que havia sido encerrado durante a pandemia. Na reabertura, quiseram criar um novo conceito. A carta explora os sabores da cozinha tradicional portuguesa, que os turistas tanto procuram quando visitam a vila medieval, mas também tem propostas de cozinhas internacionais, com inspirações italianas, mas também brasileiras e orientais. Outra aposta é nos sabores locais, por exemplo, com a criação de pratos e sobremesas que incluam a ginja de Óbidos, ou com a utilização dos queijos da queijaria Flor do Vale (Alcobaça).
O espaço do “41” é acolhedor, quase como comer em casa de um familiar, tendo apenas 22 lugares. O corredor arqueado, o espelho com a palavra “Wine” e duas grandes molduras chamam à atenção na decoração, com mobiliário antigo.
Recebe-nos entretanto Bruno Gaspar, que é natural da Carpalhosa, perto de Monte Real, e que gere este espaço. Depois de se formar em Turismo em Peniche no início do milénio, Bruno Gaspar começou a dar formação nas Caldas, onde reside, na área da hotelaria e turismo. Mais tarde foi diretor de marketing no Your Hotel & Spa, em Alcobaça, antes de se aventurar na Guiné Bissau, em Angola, em Itália e na China, sempre nesta área. Foi também formador no Politécnico de Leiria, onde havia estudado, e geriu a Casa do Leme, em São Martinho do Porto, durante quatro anos.
A empresa, que tem outro espaço de restauração na vila, conta com 15 funcionários nestes dois espaços. A reabertura deste restaurante implicou a contratação de um funcionário e, a breve trecho, deverá ser necessário recrutar mais uma pessoa. “O objetivo é que daqui a seis meses este espaço seja conhecido”, referiu Bruno Gaspar, notando que ainda há investimentos a fazer, ao nível dos equipamentos, e também pormenores a ajustar, por exemplo, ao nível da carta, dos horários ou de produtos que querem confecionar no local. “Temos muito potencial, porque temos tido sempre clientes”, exclama.
O “41” funciona de quarta a segunda-feira, entre as 12h00 e as 16h00 e das 19h00 às as 22h00. ■

Bruscheta de Damasco e Brie

Ingredientes: um pão (bola de farinha de mistura); 2 damascos desidratados; 1 tomate sem pele; 11/5 de cebola picada; 1 dente de alho; azeite virgem qb; pimenta qb e oregãos picados qb

Preparação Misturar os ingredientes

Num recipiente misture o tomate com a cebola, o alho e os temperos, depois corte o pão em duas metades e cubra as fatias do pão com a mistura do tomate.

 

Adicionar Queijo e damascos

De seguida cubra com fatias finas de queijo brie, disponha-as no pão e adicione os damascos cortados em pequenas tiras.

 

Levar ao forno Gratinar

Por fim, levar ao forno a 180º para gratinar e derreter o queijo. Antes de retirar verifique se estão levemente douradas por baixo

 

Empratar Servir quente

A partir daí é só empratar a Bruscheta de Damasco e Brie à “41” e servir, ainda quente