Novo Palco leva 150 artistas da região a Alcobaça e à Benedita

0
60

Evento arrancou ontem e prolonga-se por cerca de cinco meses, terminando a 20 de fevereiro. Nomes grandes da cena musical alcobacense presentes

Novo Palco é o mais recente festival criado em Alcobaça e que pretende apoiar os agentes culturais locais, numa época de pandemia que teve efeitos nefastos no setor da cultura, com implicações na vida de artistas, autores, compositores, técnicos de som, de palco e de multimédia, entre muitas outras atividades profissionais.
Trata-se de um evento cultural multidisciplinar (que passa pela música, pelo teatro e pelo humor), com artistas e grupos da região a atuarem nos palcos do Cine-Teatro de Alcobaça e do Centro Cultural Gonçalves Sapinho, na Benedita.
O festival tinha início previsto para ontem, 7 de outubro, e decorre durante cerca de cinco meses, até 20 de fevereiro. “Este evento pretende ser uma verdadeira celebração da profusa produção cultural do concelho de Alcobaça”, afirmou a vereadora da Cultura da Câmara de Alcobaça, Inês Silva.
A autarca acrescentou também que esta iniciativa se trata de “uma oportunidade à enorme miríade de artistas alcobacenses para mostrarem todo o seu valor, ao mesmo tempo que os ajuda neste período conturbado da pandemia”.
No total, ao longo destes cinco meses, serão apresentados 32 projectos artísticos que reúnem um total de cerca de 150 artistas.
Entre o programa dos espetáculos está, por exemplo, a atuação de Hugo Trindade Trio ou de Churky, mas também os teatros dos Gambuzinos com 1 Pé de Fora, do Teatro da Transformação ou da S.A. Marionetas.
Os concertos do violinista Nuno Santos, do pianista Daniel Bernardes e do tenor João Paulo Ferreira também fazem parte do programa, que contempla ainda a Gala de Ópera de Alcobaça (a 10 de dezembro).
A área do humor também merece o seu destaque, com as actuações de Sofia Bernardo e com a Gala “Alcobaça com Graça”, que reúne os humoristas alcobacenses.