Futsal: Gaeirense perde, mas garante subida à 3ª Divisão pela diferença de um golo

0
404
O Gaeirense recebeu o troféu de campeão distrital, enquanto aguardava os restantes resutados da fase de subida

Negrorrubros tiveram que esperar para saber o desfecho após o jogo

O Gaeirense, campeão distrital de futsal da AF Leiria, garantiu no passado sábado a subida à 3ª Divisão nacional, mesmo depois de perder o derradeiro jogo, em casa com o Chelo (1-3).
Os gaeirenses beneficiaram da vitória do Porto Moniz, na Série D, por 3-2 na receção ao Vitória de Santarém, que valeu aos madeirenses o segundo lugar da série. Porto Moniz, Gaeirense e Cem Paus terminaram as respetivas séries no segundo lugar, todos com 10 pontos. De entre as três seria apurado o pior segundo classificado, e a fava calhou aos madeirenses, que terminaram com score nulo, enquanto o Gaeirense terminou com um golo positivo.
No jogo, Pedro Bernardino deu vantagem ao Gaeirense numa primeira parte em que a formação do concelho de Óbidos dominou e podia ter construído resultado dilatado. Mas na segunda parte os campeões distritais da AF Coimbra deram a volta e obrigaram os gaeirenses a ficar de calculadora na mão nos minutos que se seguiram ao apito final, para perceber que tinham carimbado o regresso aos nacionais de futsal.
Cláudio Silva, que já renovou pelo clube do concelho de Óbidos para a orientar a equipa na próxima época, disse que, independentemente de subir ou não, “a nossa equipa foi incrível e, acontecesse o que acontecesse, estaria extremamente orgulhoso da minha equipa, porque o nosso grande objetivo era sermos campeões distritais, e fomos”.
O técnico queria terminar a época com uma vitória e a vitória na série, mas o desperdício dos gaeirenses na primeira parte e a quebra física na segunda não o permitiram.
Para a próxima época, Cláudio Silva adiantou que vai “perder cinco ou seis jogadores, temos que procurar outros para jogar esta divisão, que é muito mais forte do que era no passado, porque houve redução na 2ª Divisão”. O objetivo será a manutenção, mas apontando ao apuramento para a fase de subidas, de modo a evitar dissabores na segunda fase. ■