O Bombarralense foi demasiado perdulário

0
317

FUTEBOL – CAMPEONATO DISTRITAL DE HONRA

Estádio Municipal do Bombarral

Árbitro: Luciano Gonçalves, auxiliado por Ricardo Pereira e Luís Soares, do C.A. Leiria

Bombarralense      2

Dário, Mimoso, Silva (David, 56′), Morgadinho, Pedro Fonseca, Nhau, Rui João, Gato, Cadeiras (Palatino, 69′), Basílio (Hélder, 78′) e Vasco.

Suplentes não utilizados: Bruno, Vilaça e Carlitos.

Treinador: Rui Almeida. Massagista: Alvaro da Fonte. Delegado: Paulo Pedro.

Nazarenos             2

Milhases, Hilário “cap” (Bruno Vidinha, 77′) Álvaro Murraças, Vieira, Leandro, Félix, Tiago, Mesquita (André Marques, 69′), Nunito (Nelinho, 58′), Mendes e Rodolfo.

Suplentes não utilizados: Pistolas, Figueiras, Domingos e Fary.

Treinador: José Carlos. Massagista: Marco Jesus. Delegado: Rui Veríssimo.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores: Vasco (30′), Pedro Fonseca (60′), Tiago (44′), e Nelinho (88′).

Disciplina: Cartões amarelos para Mimoso (44′), Morgadinho (54′), Nhau (66′), Pedro Fonseca (80′), Félix (84′) e Vieira (86′).

É verdade. O Bombarralense fez a festa para festejar o título de Campeão Distrital, título conquistado com todo o merecimento, pois a equipa que desde a primeira jornada esteve no primeiro lugar.
No jogo com os Nazarenos o Bombarralense apenas conseguiu um empate, mas com toda a justiça, a haver um vencedor esse seria o Bombarralense que durante todo o jogo foi rei e senhor do jogo jogado. Podem contar-se pelos dedos das mãos, as magníficas jogadas de ataque do Bombarralense, jogadas que apenas faltaram os golos, como por exemplo aos 12m quando Pedro Fonseca atirou ao lado. Quando aos 19m, o mesmo Pedro Fonseca, com um chapéu viu a bola sobrevoar a baliza dos Nazarenos. Depois veio o golo, aos 30m, após um canto, Vasco fez a bola beijar as redes dos Nazarenos. Golo mais que merecido, um pouco atrasado, golo que poderia ter dado alguma acalmia à equipa, e que teve aos 39m novamente Pedro Fonseca a não conseguir chegar ao golo. Os Nazarenos chegaram ao empate aos 44m na marcação de uma grande penalidade, bola no braço de Mimoso, mas com alguma responsabilidade para o jogador. Tiago fez o empate, e logo a seguir, foi o Leandro a tentar o golo para os Nazarenos, mas a atirar ao lado.

No segundo tempo, aos 60′, David que havia entrado momentos antes, teve uma boa jogada, com Pedro Fonseca a rematar para defesa do guarda-redes para canto. Do mesmo, o Pedro Fonseca fez o 2-1, para o Bombarralense- Depois foi um passar o tempo, esperar mais pelo fim do jogo, ainda tempo para Basílio atirar com uma bola ao poste, alguma confusão e a bola a ficar nas mãos do guarda-redes. Tentando reagir, os Nazarenos foram à procura do golo e aos 88m Nelinho empatou o jogo, que viria a ser o título de Campeão Distrital ao Bombarralense logo a seguir.

Parabéns ao Bombarralense.

C. A.

 

Mais informações em Gazeta das Caldas impressa