Voleibol: Sp. das Caldas perde em Espinho e volta à zona de risco

0
37
Os caldenses começaram bem a partida, mas pecaram nos momentos decisivos

Caldenses desperdiçaram quatro oportunidades para vencer o primeiro set

Não foi feliz o Sporting das Caldas na visita ao Sp. Espinho, perdendo pela margem máximo num encontro que até começaram bem.
O desfecho do encontro podia ter sido bem diferente. Os caldenses estiveram em grande plano em quase todo o primeiro set, apresentando grande estabilidade no seu jogo ao pontuar em todas as zonas da rede e ao ceder poucos pontos ao adversário com erros não forçados. O acerto do jogo caldense parecia dar bons frutos quando o set entrou na fase decisiva, com os caldenses a beneficiarem de quatro pontos de set (20-24) para ganhar vantagem no marcador, mas não conseguiram fechar.
O Sp. Espinho, que se manteve em jogo principalmente graças ao poderio ofensivo, aproveitou um erro de serviço dos caldenses para anular o primeiro ponto de set e anularam os três seguintes com um remate vitorioso, um ás e um bloco. Um remate para fora de Pedro Jardim virou o marcador a favor dos “Tigres da Costa Verde”, que na primeira oportunidade fecharam o set com novo remate certeiro.
O Sp. Espinho aumentou para 2-0 após um set muito equilibrado, mas no qual esteve quase sempre na frente, reduzindo a intensidade do ataque, mas ganhando eficiência e levando os leões caldenses a cometer mais erros não forçados. Neste segundo set os espinhenses chegaram primeiro ao ponto decisivo e, apesar de o Sp. Caldas ter anulado dois set points, ao terceiro o Sp. Espinho fez 2-0.
No terceiro set, o Sp. Espinho foi muito forte e sentenciou a partida com um parcial de 7-0 que tirou os caldenses do jogo, fechando a partida em 26-24, 25-23 e 25-25.
Miguel Ribeiro e Navreet Suhan foram os melhores pontuadores da equipa, com 11 pontos cada.
Este sábado o Sp. Caldas volta a jogar fora, contra o São Mamede, que soma atualmente mais dois pontos que os caldenses. ■