Mais Negócio junta empresários e gera oportunidades

0
46
Perto de 40 empresários reuniram-se na passada segunda-feira na Foz do Arelho para um almoço empresarial

A organização tem quatro grupos no Oeste e prevê a criação de mais durante este semestre

A empresa Eco4hb, de construção e reabilitação, com uma forte vertente ecológica, apresentou o seu conceito a perto de 40 empresários de todo o país, na passada segunda-feira, (16 de janeiro) durante um almoço que decorreu no restaurante Tibino, na Foz do Arelho. Este encontro foi dinamizado pela Mais Negócio Oeste, estrutura que pertence a uma rede nacional que convida os empresários a gerar mais lucros desenvolvendo parcerias com profissionais das mais diversas áreas.
Teresa Leal, empresária na área do Turismo e que representa a Mais Negócio na região Oeste explicou à Gazeta das Caldas que semanalmente há um membro que apresenta o seu negócio aos outros membros, que podem ser empresários, associações ou autarquias, e também convidados. “São oportunidades de divulgarmos o nosso negócio e de crescermos”, refere, acrescentando que também funciona como estrutura de apoio entre os participantes. O Mais Negócio tem também uma componente de formação, que é gratuita e, de acordo com Teresa Leal, “muito importante porque ajuda os empresários a conseguir gerir os seus negócios de acordo com os seus objetivos”.
Apesar de vivermos na época do digital “somos pessoas a falar com pessoas”, salienta a empresária, realçando as relações de confiança que desenvolvem, cimentados nos encontros semanais. Se a seguir alguém “quiser marcar uma reunião online, será muito mais fácil e ela vai correr bem, mas é fundamental haver este contato de pessoas para pessoas”, defende.
Na região Oeste existem atualmente quatro grupos e durante o primeiro semestre serão criados mais. “Acreditamos que vai ter impacto na região e na realidade económica da região”, diz Teresa Leal.
A nível nacional existem 40 grupos espalhados pelo território e o objetivo é, até 2026, criar 150 grupos e ter 3 mil membros a trabalhar em rede. “Não queremos que os negócios fiquem em cada região, mas que através de nós os empresários consigam alargar os negócios para outras regiões, com parcerias estratégicas que criamos porque conhecemos todos os membros que integram a rede, a nível nacional”, explica . Luís Abreu, diretor nacional da Mais Negócio. De acordo com o responsável, é fácil criar pontes entre os empresários e criar sinergias a nível nacional, dando como exemplo a empresa de construção que convidou empresários da área de diversos pontos do país, desde o Porto ao Algarve, para estarem presentes e conhecerem o que fazem. ■