Festival do Vinho do Bombarral é uma grande montra do setor

0
19
O certame é o espaço por excelência para a divulgação do que de melhor se faz na região e também a nivel nacional

Certame vitivinícola mais antigo do país poderá voltar à Mata Municipal este verão, se a pandemia o permitir

A pandemia impediu, no ano passado, a realização da 37ª edição do Festival do Vinho do Bombarral. O cartaz já estava escolhido, a comissão organizadora nomeada e os prazos a serem cumpridos de acordo com o planeamento, mas a covid-19 trocou as voltas à câmara, que teve de anular o evento e pagar metade do valor aos artistas contratados. Para este ano, a realização está “em cima da mesa” do executivo, que levará o assunto à próxima reunião, para decidir a constituição da comissão organizadora. O objetivo é poder voltar a realizar o certame, “no escrupuloso cumprimento” das regras que vierem a ser definidos pela Direção-Geral de Saúde.

Festival é uma oportunidade dos produtores mostrarem o seu vinho e poderem alavancar as suas vendas

Trata-se de uma “montra importante, como demonstra o sucesso que tem sido o concurso de vinhos”. “É uma oportunidade dos produtores darem a conhecer o seu produto e poderem alavancar as suas vendas”, salienta o presidente da Câmara, Ricardo Fernandes, à Gazeta das Caldas. O autarca destaca, ainda, que este é o maior evento do concelho, com tudo o que isso significa para uma população, “ao dia de hoje, ávida de recuperar alguma normalidade nas suas vidas tão alteradas pela pandemia”.
A importância da atividade agrícola no Bombarral estende-se pelos séculos, mantendo-se nos dias de hoje como um dos principais setores económicos do concelho. De acordo com a autarquia, o setor vitivinícola era, no início do século XX, a atividade agrícola predominante, afirmando o Bombarral como uma das principais regiões vinhateiras.
Apesar de o setor ter perdido alguma preponderância económica com o passar dos anos, o vinho continua a ser um dos principais atrativos do concelho e valorizado com o festival nacional, criado nos anos 1960. Trata-se do certame vitivinícola mais antigo do país e realiza-se anualmente entre julho e agosto na Mata Municipal do Bombarral, um dos principais ex-libris do concelho. ■
[email protected]