Vinte nadadores em formação

0
33
Formação decorreu em Torres Vedras e contou com 352 participantes

Nadadores salvadores da Oeste Rescue participaram no workshop “Emergências Médicas”, que teve 352 participantes e decorreu em Torres Vedras

Oeste Rescue fez-se representar entre os 352 participantes, com 20 dos seus colaboradores nadadores-salvadores, no workshop “Emergências Médicas”, realizado no passado dia 14 de Janeiro. A ação foi promovida pelos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras.
Entre os participantes encontravam-se diversas entidades, nomeadamente a Guarda Nacional Republicana. a Proteção Civil, a Polícia de Segurança Pública, assim como médicos, enfermeiros, associações de pais, professores e outros interessados nesta temática. O workshop teve como objetivo a sensibilização da população e dos profissionais, no âmbito do socorro pré-hospitalar e hospitalar, para a aquisição de conhecimentos sobre a forma de atuação em situações de emergência com que diariamente se deparam.
Os temas abordados passaram pelas doenças cardiovasculares (Hipertensão), doenças de origem cardíaca (Angina de Peito e Enfarte), doenças de origem neurológica (AVC e Crise Convulsiva), doenças de origem metabólica (Hipoglicemia), doenças de origem respiratória (Asma) e reação alérgica (choque anafilático).
“Com a proximidade da Época Balnear 2023 reveste-se de particular interesse o refresh dos nossos nadadores-salvadores profissionais em matérias de primeiros socorros”, salientou Filipe Vieira, da associação Oeste Rescue, à Gazeta.
No último ano, na época balnear de 2022, a Oeste Rescue trabalhou com 60 nadadores-salvadores e 24 concessionários nas praias de São Martinho do Porto, Salir do Porto, Foz do Arelho (frente lagunar e lacustre), Supertubos (Peniche), Lourinhã e Santa Cruz.
A missão da associação “é contribuir para a melhoria da qualidade na prestação de serviços de proteção de pessoas e bens à população em geral aquando da frequência dos mesmos nos diversos planos de água, servindo os cidadãos através da produção direta ou indireta de serviços de assistência a banhistas, com elevados níveis de qualidade, ao nível da promoção de ações de sensibilização, prevenção e formação dos nossos profissionais”, explicam. “Temos como visão ser uma associação de nadadores salvadores profissionais de excelência e referência na formação e promoção de hábitos e metodologias de uma ida à praia, apoio e assistência direta aos veraneantes, gerando desta forma momentos de lazer e bem-estar para os demais utentes”. A colaboração com as autoridades no trabalho de formar “uma sociedade mais culta e informada em matérias de prevenção no salvamento aquático” é outro dos pilares da Oeste Rescue. ■