Ângelo Marques apresentado como candidato do PS em Peniche

0
73
Presidente da Concelhia socialista avança para as eleições | DR

Ângelo Marques foi apresentado, a 1 de outubro, como cabeça-de-lista do PS à Câmara de Peniche nas eleições autárquicas de 2021.
O líder local do partido diz que se candidata porque “é tempo de agir” e “urge resolver insuficiências e problemas estruturais” no concelho liderado pelo independente Henrique Bertino (Grupo de Cidadãos Eleitores por Peniche).
“As especificidades do nosso concelho têm de ser valorizadas e as nossas potencialidades têm de ser traduzidas em bem-estar económico e social para as nossas populações”, considera o deputado municipal, que no anterior mandato foi vereador e administrador dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento.
O presidente da Concelhia socialista de Peniche anunciou que pretende apresentar um programa eleitoral alicerçado em grupos de trabalhos setoriais, que trabalharão sob o tema “Planear para Intervir”, e que terão “autonomia e adequada capacidade de intervenção”. Aqueles grupos de trabalho serão constituídos por “cidadãos das mais diversas profissões e áreas do conhecimento”.
Ângelo Marques, de 44 anos, nasceu na Coimbrã, freguesia de Atouguia da Baleia. Licenciado em Marketing Turístico pelo Instituto Politécnico de Leiria. Na anterior legislatura integrou o gabinete da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna e no XXII governo desempenha o cargo de adjunto da secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, cargo no qual transitou no gabinete de José Apolinário.
O PS ganhou pela última vez as eleições autárquicas em Peniche em 2001, com Jorge Gonçalves. A CDU ganhou a Câmara nos três atos eleitorais seguintes e há três anos, pela primeira vez na história, um grupo de independentes arrebatou o poder. O PS elegeu apenas um vereador e registou a votação mais baixa de sempre (2.354 votos), com 18,7% da preferência do eleitorado.