Filme de Natal nas Caldas visto por um milhão

0
6210
Filme foi rodado na cidade

Caldas da Rainha foi cenário do filme “Um desejo de Natal”, transmitido na noite de 23 de Dezembro, na SIC, e que foi visto por mais de 1,1 milhões de espectadores. Para a sua realização, a autarquia caldense deu um patrocínio de 27.950 euros, que considera “adequado à visibilidade que a cidade teve com a produção televisiva”, disse o presidente, Tinta Ferreira, à Gazeta das Caldas.

A história é simples e a mensagem adequa-se à época. Uma família cujos membros estão separados acaba por resolver as suas diferenças e juntar-se na ceia de Natal. Uma mesa composta por loiça da Fábrica Bordallo Pinheiro. Do cenário do filme fazem também parte imagens do Parque D. Carlos I, da Mata Rainha D. Leonor, da Praça da Fruta, da Mercearia Pena, das ruas das Caldas e iluminações de Natal. Esta é uma promoção à cidade que o presidente da Câmara, Tinta Ferreira, considera “excelente”. Na opinião do autarca, o “filme passou óptimas imagens da cidade, além da clara referência ao nome Caldas da Rainha e estava também muito bem conseguido no que toca a transmitir o cenário do ambiente natalício que cá existe”. Também o facto de o filme ter sido protagonizado por actores como José Fidalgo, Oceana Basílio, Margarida Carpinteiro, Soraia Chaves, Sara Matos e Joana Solnado, foi uma “boa aposta na divulgação e promoção das Caldas”.
Tinta Ferreira explica que se o Município tivesse realizado o mesmo investimento em meios de divulgação e comunicação tradicionais, e tendo em conta os elevados custos da publicidade, não conseguiria estar tanto tempo em antena e, como tal, atingir o mesmo número de pessoas naquele período de tempo.
Na sua opinião, o valor patrocinado foi adequado à visibilidade que a cidade teve com aquela produção. Apesar de considerar que este é o caminho que a Câmara tem desenvolvido na promoção da cidade e dos seus eventos, no momento não está prevista mais nenhuma iniciativa do género.
Os vereadores do PS na Câmara, Luís Patacho e Jaime Neto, abstiveram-se na votação do patrocínio, por considerarem a proposta “muito vaga” relativamente ao conteúdo e enquadramento, com um guião muito genérico, que não apresenta nenhum esboço nem descrição dos planos a rodar no espaço urbano das Caldas, nem se percebe qual é a relação das imagens das iluminações de natal com os personagens e a história.
Os autarcas consideraram que não tinham elementos concretos para avaliar os eventuais benefícios que poderiam resultar para a imagem da cidade e concelho com este apoio, apontando também que o investimento camarário era “uma verba elevada”.
As Caldas tem sido procurada por marcas e empresas para filmagens no concelho. Um desses exemplos é o videoclip “Aquista”, de Miguel Ângelo no Hospital Termal. Houve também um contacto recente do programa internacional House Hunters para filmar espaços e conhecer as Caldas e para a realização de uma sessão fotográfica da marca Sacoor nos Museus Atelier João Fragoso, Museu Leopoldo Almeida e exteriores.