Tornada também está proposta para vila

0
529

A elevação de Tornada a vila já foi proposta na Assembleia da República e também na sessão de Câmara das Caldas

 

Depois de Salir do Porto e Salir de Matos, foi apresentada, na passada semana na Assembleia da República, pelo grupo parlamentar do PSD, a proposta de elevação de Tornada a vila. A proposta seguiu mais tarde do que as outras para não serem tramitadas, e publicadas, em simultâneo, justifica o deputado caldense, Hugo Oliveira, dando conta que “seria estranho ter duas vilas a celebrar o aniversário no mesmo dia, na mesma União de Freguesias”. O também autarca recorda o que já acontece com Foz do Arelho e A-dos Francos, que celebram, ambas, o aniversário a 12 de junho.
Na passada segunda-feira, também o executivo, liderado por Vítor Marques, levou a proposta de elevação de Tornada à sessão de Câmara. “Já percebemos que há vontade das várias forças políticas, o que estamos a fazer é, no nosso entender e da forma correta, levar à Câmara e envolver as assembleias municipal e de freguesia”. O autarca diz mesmo que o “município e a própria Assembleia Municipal foram surpreendidos com uma posição que o PSD tomou na Assembleia da República, com uma proposta que é do nosso agrado, e que só lamentamos não ter sido falada antes nos órgãos locais, pois teria ganho mais força”.
Também os deputados socialistas, eleitos por Leiria, apoiam a elevação de Salir de Matos e de Salir do Porto a vilas. Em comunicado, Eurico Brilhante Dias e Walter
Chicharro referem que manifestaram aos executivos das juntas de Freguesia de Salir de Matos e de Tornada e Salir do Porto, o “apoio e o empenho do Partido Socialista no processo legislativo para a elevação destas localidades ao estatuto de vila, como ambicionam por razões históricas as respetivas populações”. Este apoio foi transmitido ao executivo da Junta de Freguesia de Salir de Matos, numa reunião no âmbito da visita a instituições da freguesia realizada pelos parlamentares socialistas nos dias 17 e 18 de junho, assim como ao presidente da Junta de Freguesia de Tornada e Salir do Porto, recebido em audiência na Assembleia da República pelos deputados do PS eleitos por Leiria.
Estes deputados manifestaram aos respetivos autarcas “não só o apoio, como o empenho” do PS neste processo legislativo, no âmbito de um “reconhecimento histórico, apesar destas duas freguesias estarem abaixo do limiar quantitativo para a consagração de Vilas. O conjunto de serviços públicos, sociais e de natureza privada ou particular, assim como a dinâmica social destas freguesias reforçam ainda as legítimas ambições das populações locais”, concretizam. ■