Centro Hospitalar do Oeste recebeu 75 novos médicos para internato

0
91
Vai ser criada uma nova enfermaria Covid nas Caldas

Deram entrada na instituição mais 14 médicos internos do que no ano passado

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) recebeu no início deste ano 75 novos médicos, que escolheram fazer o Internato nas unidades das Caldas da Rainha e Torres Vedras.
O CHO recebe 64 médicos da formação geral e 11 de formação especializada em Pneumologia (1), Ginecologia/Obstetrícia (1), Ortopedia (1), Medicina Interna (4), Cirurgia Geral (2) e Pediatria (2). São mais 14 médicos internos do que no ano passado.
A cerimónia de boas-vindas, que decorreu online, com as intervenções do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, do presidente do Conselho Nacional do Internato Médico, João Carlos Ribeiro, do Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, e do médico intensivista, Gustavo Carona.
Para a administração do CHO, a escolha destes médicos para concluírem a sua formação neste centro hospitalar representa “o reconhecimento da qualidade da capacidade formativa da Instituição”.
O internato médico realiza-se após a licenciatura ou mestrado integrado em Medicina e corresponde a um processo de formação médica especializada, teórica e prática, que tem como objetivo habilitar o médico ao exercício tecnicamente diferenciado na respetiva área de especialização.
No primeiro ano, designado por formação geral, os médicos passam durante nove meses pelos serviços hospitalares de Medicina Interna, Pediatria e Cirurgia Geral.
Os restantes três meses deste período formativo são dedicados à especialidade de Medicina Geral e Familiar e à Saúde Pública, nos Centros de Saúde do ACES Oeste Norte e ACES Oeste Sul.
No que respeita à formação especializada, pode ter a duração de 4 a 6 anos, dependo da área de especialidade. ■