Bombarral aderiu ao programa eGuard

0
300
Município bombarralense e GNR destacaram importãncia deste programa que chega agora ao distrito de Leiria

Projeto desenvolvido pela GNR apoia idosos em situação de isolamento com sistema de comunicações móvel

O concelho do Bombarral tornou-se no primeiro do distrito de Leiria e da região Oeste a integrar o programa eGuard, da GNR, que gere o Sistema para a Teleassistência de Pessoa Vulnerável (STPV), que permite um apoio imediato em caso SOS a idosos no seu domicílio. O protocolo foi assinado entre o município e Comando Territorial de Leiria e, dos 56 idosos referenciados pelos serviços sociais da edilidade, 25 estão em condições de receber o equipamento eletrónico de comunicações, que resulta de uma parceria com as operadoras móveis e Agência para o Desenvolvimento da Informação e do Conhecimento. Operacional nos distritos de Guarda, Viseu e Braga, num total de 25 municípios e 218 equipamentos distribuídos, o concelho de Celorico da Beira foi o primeiro beneficiário do STPV em 2020. O projeto obteve excelentes resultados e foi um dos vencedores da Prémio de Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável da Região Centro, em 2023, uma iniciativa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro. As virtudes deste programa permitem, sem custos para os beneficiários, dar melhores garantias de segurança aos idosos. O financiamento da aquisição e funcionamento dos aparelhos pertence aos municípios aderentes ao eGuard, com um custo individual que não deve ultrapassar os 20 euros mensais. À GNR compete monitorizar, 24 horas por dia, todos os idosos abrangidos pelo programa, através da sala de controlo que o Comandando Territorial possui em Leiria. O dispositivo entregue ao idoso permite a comunicação bidirecional com envio de SMS e localização geográfica. O equipamento do utente tem um botão SOS, é resistente à água e alerta para saída da área de residência. Tem autonomia para vários dias e avisa a central quando a bateria está fraca. Na celebração acordo, que ocorreu no passado dia 20 nos Paços do Município do Bombarral, tanto o presidente do executivo Ricardo Fernandes, como o comandante territorial de Leiria da GNR, coronel Adérito dos Santos, convergiram na importância deste projeto, que permite mitigar os riscos dos idosos em situação de dependência, incapacidade, solidão ou isolamento e, até mesmo, em situação de doença súbita ou queda. O Município do Bombarral foi o primeiro do distrito a aderir porque, segundo explicou á Gazeta o responsável militar, foi o que respondeu logo ao desafio da GNR. ■