Como é que se resolve o problema da violência doméstica?

0
747
Maria Eugénia Oliveira, reformada (Caldas da Rainha)

Acho que uma das maiores falhas é a educação de base no seio das famílias que faz com que as pessoas não tenham um projecto de vida com valores positivos. E por qualquer razão “explodem” à mínima coisa e não pode ser…
A justiça tem que ser mais assertiva e tem que agir de forma mais rápida nos casos de violência.
Já me aconteceu telefonar durante a noite para a polícia (há uns seis anos) a queixar-me de que havia violência doméstica no prédio onde morava e de me responderem que não tinham nada a ver com isso, caso contrário, não fariam outra coisa. Sei que agora já não respondem assim e que a actuação é diferente.

Rogério Ribeiro, empregado de montagem de janelas (Caldas da Rainha)

Penso que a violência doméstica é um problema grave. As pessoas não se ouvem e deveriam apostar mais no diálogo, evitando discussões.
Acho que a justiça deveria aplicar penas mais pesadas aos agressores. E também acho que as forças policiais devem dar mais atenção a quem faz as queixas. Não pode ser como antigamente que não ligavam às queixosas.
Acho que há cada vez mais casos, até mesmo entre namorados.

Leonor Manuel, cuidadora (Caldas da Rainha)

Acho que a violência doméstica deveria acabar pois as mulheres não deviam sofrer desta maneira. Tem que haver penas pesadas para os agressores. Deveriam ser muito mais pesadas. Infelizmente acho que há cada vez mais casos, até se constata mesmo entre namorados.