Empresários querem recriar em Óbidos um Mercado de Natal

0
68
Projeto que junta a loja Artesanato Português e o restaurante Tasca Torta | DR

Pelas ruas, as decorações são visíveis e há projetos específicos para esta quadra, com o objetivo de atrair visitantes

Comerciantes e empresários com estabelecimentos em Óbidos juntaram-se para enfeitar os espaços de forma harmoniosa com a decoração feita pela empresa municipal, tornando assim a vila num mercado de Natal a céu aberto. As lojas, sobretudo de artesanato, já decoraram as montras e os restaurantes preparam-se agora para, em parceria também com esses estabelecimentos comerciais, ter espaços temáticos onde as pessoas podem “desfrutar de uma refeição com um ambiente mágico de Natal”, explica o empresário obidense Eurico Santos, um dos dinamizadores dos Segredos de Óbidos, projeto que nasceu para reativar a atividade turística, de forma segura, em tempo de pandemia.

Carta aberta convidava os comerciantes a decorar os espaços

Recentemente, estes empresários dirigiram uma carta aberta aos habitantes, comerciantes, empresários e empreendedores da vila, para criarem soluções para a quadra natalícia.
“Com as baixíssimas taxas de reserva de alojamento já sentidas e as previstas para o Natal é imperativo conseguirmos ter programas e formas de estimular a nossa economia”, refere a missiva, acrescentando que as propostas apresentadas são complementares a todas as medidas do município. O objetivo é dar “um bocadinho de alento às pessoas”, refere Eurico Santos, lembrando que o verão não foi compensador, principalmente para os estabelecimentos de venda de artesanato. Defende que que os comerciantes não devem baixar os braços e deixa o convite para uma visita a Óbidos. “Passamos pela Rua Direita e temos uma “passadeira mágica”. Há uma linguagem única entre as decorações dos comerciantes e a da empresa municipal”, refere, realçando a colaboração entre todos.
Entre as propostas há os lanches de Natal, que aliam a gastronomia da quadra ao contar de pequenas histórias e que decorrem em vários espaços recatados da vila.