Óbidos assinala feriado sob a égide da pandemia

0
122

Câmara anuncia continuidade de medidas para fazer face à pandemia e homenageia delegada de Saúde.

Na terça e quarta-feira terão sido vacinados todos os utentes e funcionários dos lares do concelho de Óbidos, num total de 117 utentes e 83 colaboradores. De fora ficou o lar Palácio d’El Rei onde se mantém um surto de contaminação. O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Humberto Marques, durante a cerimónia do feriado municipal, a 11 de janeiro.
Numa sessão solene marcada pela temática da pandemia, o autarca referiu que há razões para ter “esperança e confiança”, desde logo pela existência de uma vacina contra a covid-19 e porque foi reforçada a equipa de saúde pública com mais dois enfermeiros, que irão auxiliar na testagem de todos os alunos das escolas de Óbidos. Uma medida que irá permitir que a escola possa funcionar “com outro nível de confiança” e controlar a cadeia de transmissão com mais eficácia, acredita o autarca. Foi ainda anunciada a continuidade dos apoios às famílias e empresas, previsto para este ano em 2,4 milhões de euros. “Estamos disponíveis para sucumbir de obras em benefício do que é o mais urgente socorrer, que é a dimensão social”, disse.
Ainda assim, o autarca anunciou a continuidade dos investimentos na ordem dos 6,2 milhões de euros, na construção da Praça da Criatividade, Casa do Seixo, conclusão dos antigos Armazéns do Vinho, novo quartel da GNR e repavimentação de estradas e caminhos.
A sessão solene foi ainda aproveitada pelo autarca para fazer um balanço do último ano, muito marcado pela pandemia. “Procurámos sempre uma estratégia de antecipação, com a articulação da delegada de saúde, Fátima Pais”, disse o chefe do executivo municipal, dando como exemplo o fato dos trabalhadores da autarquia terem começado o confinamento, e terem entrado em teletrabalho mesmo antes do estado de emergência decretado pelo governo. O apoio financeiro para a criação das “equipas espelho”, a realização de simulacros e a higienização dos espaços públicos, foram também destacados.
Para ajudar as famílias e empresas foram lançadas, ao longo do ano, 11 medidas de apoio. Até dezembro estas tiveram um impacto na redução de receita de 1,4 milhões de euros, associado a uma redução de impostos de cerca de um milhão de euros.
O presidente da Assembleia Municipal, Fernando Jorge, evidenciou o “papel decisivo do poder local de proximidade ao serviço da comunidade” durante a pandemia. ■

 

Município atribui medalha de mérito a Fátima Pais

Caraterizada como a “timoneira de uma equipa de excelência”, a delegada de saúde de Óbidos, Fátima Pais, foi homenageada com a medalha de mérito do município neste feriado municipal.
Natural da região de Trás-os-Montes, onde nasceu em 1957, Fátima Pais desde cedo mostrou gosto pela medicina, curso que viria a concluir em Lisboa. Estagiária em Arruda dos Vinhos e com passagem pelo Hospital Miguel Bombarda, a escolha de opção em Saúde Pública levou-a até Peniche. Ali encontrou o companheiro de vida e constituiu família. Chegou a Óbidos como especialista de Saúde Pública, ocupando o mesmo gabinete há mais de 25 anos. Neste concelho tem dinamizado e apoiado vários projetos, como é o caso do Amigo Especial.
Em 2020, teve um dos maiores desafios profissionais, ao assumir a liderança do grupo de trabalho, composto por diversas entidades, de combate à pandemia.
A homenageada partilhou o mérito com outros os outros profissionais que deram expressão a uma “atuação adequada, possível e distinta”, nomeando-os um a um,
Fátima Pais lembrou ainda que trabalhar em saúde pública é “trabalhar no lado oculto da lua” e que só olhos e mentes atentos ou avisados o percebem. “A discrição e a subtileza desta área de intervenção nos cuidados de saúde ao longo de anos veio a ser alterada pela crise de saúde atual provocado pelo aparecimento do vírus, que é ainda uma ameaça real”, concretizou.