Óbidos Vila Natal abre portas em finais de novembro

0
119
A organização espera uma grande afluência de visitantes a Óbidos durante o mês de dezembro

A Vila Natal regressa a Óbidos a 30 de novembro e durante 34 dias, retomando o formato das edições anteriores à pandemia

Em Óbidos as comemorações do Natal começam na próxima sexta-feira, 19 de novembro, com o acender das luzes de Natal, pelas 19h00, e a entrada em funcionamento da roda gigante, junto à Porta da Vila. A Vila Natal começa a 30 de novembro e estende-se até 2 de janeiro, este ano com algumas restrições em termos de entradas, circulação e utilização dos próprios equipamentos, devido à pandemia. O evento, com apontamentos por toda a vila, mas irá concentrar-se na cerca do castelo, onde estará “aquela que é a maior pista de gelo natural de sempre nos eventos”, com 300 metros quadrados, uma rampa de gelo maior do que nas edições anteriores, um comboio de Natal que passará com um túnel com iluminação a simular o céu estrelado, um carrossel e outros equipamentos de diversão, explicou Alexandre Ferreira, administrador da Obidos Criativa (OC).
Ao nível da animação, irão decorrer diversos espectáculos dinamizados sobretudo por companhias estrangeiras, nomeadamente da Rússia e Itália, enquanto que a programação cultural será garantida por grupos da comunidade obidense. Esta edição não contará com uma temática específica, dando enfoque ao imaginário do Natal.
De acordo com a organização, e tendo em conta o período pós pandémico, será privilegiada a venda de bilhetes on-line, a um preço mais baixo que os praticados nas bilheteiras (menos 50 cêntimos), de modo para evitar que as pessoas se concentrem em filas. Os bilhetes possuem preços diferenciados, consoante seja dia da semana, fim de semana ou feriado, de forma a tentar evitar uma maior concentração de vistantes ao sábado e domingo, explicou Alexandre Ferreira. Os munícipes poderão entrar gratuitamente no evento de segunda a sexta-feira.
Este ano a organização conta com a associação Óbidos.com e os Segredos de Óbidos como parceiros, que estão a dinamizar um conjunto de inicitivas que permitam aos visitantes permanecer em Óbidos depois da Vila Natal encerrar as suas portas.
Na conferência de imprensa de apresentação do evento, o presidente da Câmara, Filipe Daniel, revelou que nas 14 edições já realizadas, a Vila Natal foi visitada por milhão e meio de pessoas. “Cada edição contou com 130 a 150 mil visitantes, o que atesta o sucesso do evento e a representatividade que o evento tem para a região”, disse o autarca, destacando as sinergias que estão a potenciar com os concelhos vizinhos, nomeadamente as Caldas.
A Vila Natal, que emprega mais de 200 pessoas diretamente, tem um orçamento superior a 200 mil euros, e de acordo com o administrador da OC, a expectativa é a de que seja um evento sustentável, “É o evento com o maior orçamento, mas também aquele que maiores receitas de bilheteira gera”, disse Alexandre Ferreira, que espera uma grande afluência de público, não só português, mas também espanhol. ■