Olho Marinho tem uma unidade de turismo rural ecológica

0
15081
Notícias das Caldas
Hélder Mesquita concretizou um sonho antigo: ter um negócio ligado à hotelaria | J.R.

O Olho Marinho tem desde o final de 2016 uma unidade de turismo rural. A Óbidos Wood Villas foi o concretizar de um sonho antigo do presidente da Junta de Freguesia, Hélder Mesquita, e alia o sossego da localização, ao conforto da madeira, num conceito assente na sustentabilidade.

A Óbidos Wood Villas é constituída por quatro villas compostas por dois quartos, uma sala e uma cozinha em formato open space. Cada casa tem capacidade para quatro pessoas. Além das casas, a unidade possui um amplo espaço ajardinado dominado ao centro por uma piscina sobre o comprido, e um jacuzzi com capacidade para cinco pessoas.
Cada casa recebeu o nome de uma árvore (Sobreiro, Pinheiro Bravo, Freixo e Loureiro), cujas características são explicadas, em português e em inglês, na parede de cada um dos quartos.

A decoração tem motivos tradicionais portugueses, como a louça de Bordalo Pinheiro e um tapete que replica a azulejaria. Um quarto é de casal, o outro tem duas camas de solteiro. Cada casa tem ainda um deck reservado, construído de forma a ficar abrigado do vento que sopra de forma predominante de norte.
Até aqui não há muito de novo em relação ao que por hábito se faz. No entanto, o conceito da construção começa a diferenciar este empreendimento.
“Tem um conceito eco-friendly”, explica Hélder Mesquita, que além de presidir à Junta de Freguesia do Olho Marinho, é empresário do sector da construção e se lança agora num novo desafio ligado à hotelaria. À primeira vista a construção é toda em madeira, mas a estrutura das casas é em betão. Desta forma, ao mesmo tempo que a madeira diminui o impacto visual das estruturas numa zona marcadamente agrícola e transmite a ideia de conforto que se pretende neste tipo de unidade, o betão garante a rigidez estrutural. “É um conceito muito em voga, por exemplo, na Holanda”, afirma Hélder Mesquita.
O conceito ecológico da construção é sustentado pelo aquecimento solar das águas, o aproveitamento das águas da chuva para a rega dos jardins e o reaproveitamento das sobras da madeira para a construção de algum do mobiliário das habitações.

UM PROJECTO DE FAMÍLIA

O Óbidos Wood Villas é o resultado de um sonho familiar com mais de uma década. Na base deste conceito estiveram as dificuldades que Hélder Mesquita e a sua mulher, Sandrina, tiveram nas suas experiências de férias em família, juntamente com as duas filhas. A maior dificuldade era encontrar um espaço onde todos pudessem ficar juntos e de forma confortável.
“Fizemos o empreendimento à nossa imagem. Aqui uma família de quatro pessoas pode ficar toda junta numa pequena villa de formato T2, com o conforto que têm em casa”, sustenta o empresário.
O empreendimento está próximo de tudo o que o Oeste tem para oferecer, desde as praias aos destinos turísticos e ao comércio, mas está inserido numa localidade pacata.
No final da tarde, as pessoas podem usufruir das comodidades, como o jacuzzi, a piscina, ou as bicicletas cuja utilização é gratuita. “Muitas pessoas têm aproveitado para conhecer a localidade e a sua história”, refere o empresário.
O empreendimento foi construído num terreno que herdou do pai e, envolto por várias propriedades agrícolas, pretende oferecer uma verdadeira experiência de turismo rural. Numa parcela de terreno foi plantado um pomar com cerca de 30 árvores de fruto diferentes. A ideia é ter fruta todo o ano para que os clientes possam colher e comer directamente da árvore. Prevista está a aquisição de um burro para providenciar passeios de carroça.
Como as villas estão munidas de cozinha, o espaço não tem serviço de restaurante, mas há possibilidade de reservar um serviço de showcooking. Margarida Tomé, mãe de Sandrina Mesquita, é a chef que estará disponível para ensinar cozinhando pratos da tradição portuguesa.
Este não é, contudo, o único serviço em parceria que é possível contratar. Há uma escola de surf onde se pode praticar surf e paddle. Também é possível alugar bicicletas de todo o terreno, com indicação de trilhos e igualmente a possibilidade de ter um guia a acompanhar.
Hélder e Sandrina Mesquita vêem por agora este negócio como uma actividade complementar às que têm, mas isso pode mudar no futuro. “O negócio da construção, apesar de estar a melhorar ligeiramente, está longe da rentabilidade de outros tempos e a Sandrina é professora e não se vê a dar aulas até aos 60 anos”, refere Hélder Mesquita. Com as duas filhas no ensino superior, “pode ser uma actividade que interligue toda a família”, acrescenta.
O empresário não quis revelar o montante deste investimento, mas diz que 90% do trabalho foi feito por ele próprio e não envolveu saída de dinheiro, o que “ajudou a reduzir muito os custos”.
O Óbidos Wood Villas fica na Rua dos Arneiros, à saída do Olho Marinho em direcção ao Pó. É possível fazer reservas nas principais plataformas da especialidade, como o Booking ou o Airbnb. “Estes portais ajudam a promover o espaço porque têm a confiança das pessoas”, diz o empresário. Mas também é possível reservar no site próprio, em obidoswoodvillas.com. Os preços iniciam nos 90 euros por casal.