Diabetes: dois conceitos a saber

0
104

João Vítor Dinis
médico interno

A diabetes mellitus é uma doença cada vez mais comum e está relacionada com o metabolismo do açúcar no organismo. Para além da informação que hoje há disponível sobre esta doença, há dois conceitos que por vezes trazem algumas dúvidas: a hipoglicemia e a hemoglobina glicada (A1c).
A hipoglicemia é quando os níveis de açúcar no sangue baixam demasiado, para valores inferiores a 70 mg/dL (quando medido com o aparelho). Os sintomas variam, sendo os mais comuns tonturas, suores frios, tremores, sensação de ansiedade ou mal estar, fraqueza, palpitações, formigueiros ou desmaio em casos graves. Acontece às pessoas que são tratadas para a diabetes quando estão sem comer há muito tempo ou quando há um desajuste na medicação para tratar a diabetes.
Caso tenha sintomas, deve fazer uma picada no dedo para análise de açúcar no sangue no dedo. Se não for possível, deve-se assumir que é uma hipoglicémia. Desta forma a pessoa deverá ingerir de imediato açúcar (2 pacotes de açúcar) ou um sumo de fruta. Passados 15 minutos, se ainda houver sintomas, deverá repetir. Se mesmo assim não houver melhoria, deve-se recorrer à emergência médica. Se os valores de açúcar estiverem acima de 70 mg/dL, a pessoa deverá fazer uma pequena refeição. Os episódios deverão ser registados e esta informação transmitida ao médico e enfermeiro. As pessoas com diabetes deverão sempre ter consigo dois pacotes de açúcar.
A hemoglobina glicada (A1c) é uma análise pedida pelos médicos que serve para monitorizar o controlo da diabetes. Permite saber como é que estiveram, em média, os valores de açúcar no sangue nos últimos 3 meses, averiguando se a medicação até ao momento tem sido eficaz. É com base neste valor que os médicos ajustam os medicamentos da diabetes.
Desta forma, para aquelas pessoas que não estão medicadas com insulina não há necessidade nem vantagem em fazerem a picada no dedo, a não ser que apresentem sintomas de hipoglicemia. ■