A semana do Zé Povinho

0
51

Zé Povinho, conhecedor da importância da aprendizagem do Português e da necessidade de tornar a disciplina apelativa aos mais novos, de modo a incutir-lhes o interesse no estudo, não podia deixar de dar nota positiva ao projeto do rapper Elton Malta. Estudar a metáfora com rimas do Valete, a hipérbole com rimas do Dillaz ou as multissílabas com rimas do Sam The Kid, como o criador do projeto propõe, vai com certeza agradar aos alunos e, até, incentivá-los a escrever a descobrir uma vocação artística. Que a boa ideia, que começa a dar frutos nas Caldas da Rainha possa ser implementada noutras escolas, com bons resultados… a língua de Camões agradece. E, além disso, assim se confirma como o espaço da sala de aula, hoje em dia, pode tornar-se interessante para os alunos. Basta haver criatividade do lado de quem quer ensinar. ■

As famigeradas quotas na política nunca fizeram, propriamente, as delícias para o Zé Povinho, que entende que as mulheres devem entrar na nobre arte da política devido aos seus méritos e não pelo género. Contudo, o que se afigura mais preocupante é que a paridade continue a ser pouco respeitada e que os partidos e movimentos, pelo menos nestas eleições autárquicas, não tenham sido capazes de confiar às mulheres a liderança de muitas listas aos órgãos. Há candidatas nas listas, mas falta que elas também sejam cabeças de lista. Aliás, nos concelhos das Caldas e de Óbidos há apenas uma mulher a concorrer a uma Câmara, duas a Assembleias Municipais e 16 a Juntas de Freguesia. Pouco, quando se reconhece à mulher um papel de liderança em tantos setores, mas que tarda em chegar à política local. ■

PARTILHAR
Artigo anteriorCaldastoon 351
Próximo artigoHaja saúde!