A Semana do Zé Povinho 15-10-2020

0
17
| D.R.

Zé Povinho não podia estar mais orgulhoso com o trabalho dos jovens empreendedores Cátia Branco e Vítor Almeida que viram na pandemia uma oportunidade. Face às dificuldades não baixaram os braços e foram à luta. Conceberam um negócio que respondia às necessidades das pessoas numa altura em que estavam confinadas em casa e, tão ou mais importante, com produtos da região Oeste. E, numa atitude altruísta, convidaram outros produtores a participar com os seus produtos nos cabazes e juntaram-se a outros parceiros da região. As boxes têm sido um sucesso, o que leva o casal com a empresa sediada em Óbidos a querer estender o negócio a todo o país. Para isso também muito tem ajudado a aposta nas redes sociais e na colaboração com influencers que têm divulgado as boxes por milhares de seguidores. Zé Povinho felicita os empresários e formula votos de sucesso.

 

 

 

Zé Povinho não gostaria de estar na pele dos responsáveis da saúde que quase diariamente têm de dar a cara por isso. Mas se tal é verdadeiro também não pode aceitar que seis meses passados, a saúde da região Oeste pareça continuar a viver num impasse pouco compaginável com as necessidades existentes.
Ser assumido que as obras de remodelação do serviço de urgência médico-cirúrgico estão suspensas há meio ano, significa que se a pandemia se prolongar as obras nunca terminarão em tempo útil. A aceitação do apoio oferecido pela autarquia há vários meses para a obstetrícia também está suspenso por burocracia.
É com pena que o Zé Povinho penaliza a Ministra da Saúde, pois tem demonstrado grande tenacidade, mas não pode deixar ao deus dará assuntos que também são inadiáveis e que penalizam a região Oeste.