Um país que sonha na roda do João

0
606

Editorial

Joaquim Paulo

O trajeto de João Almeida no Giro d’Italia tem suscitado um enorme interesse mediático no jovem de A-dos-Francos e merece, sem sombra para dúvidas, um final feliz.
De repente, um jovem caldense fez (e vai continuar a fazer) manchetes, ganhou espaço nos noticiários televisivos e colocou a freguesias de A-dos-Francos e a cidade das Caldas nas bocas do mundo.
O país voltou a “acordar” para o ciclismo e já sonha com uma vitória de um português na Volta a Itália, mesmo sabendo que o caminho até à meta, em Milão, está recheado de contagens de altíssima “montanha”, ainda para mais para um jovem ciclista que se estreia, este ano, no circuito profissional.
Por cá, a onda de apoio ao ciclista da Deceuninck-Quick-Step tem sido transversal, com cidadãos, entidades, empresas, instituições e clubes caldenses (e não só) a torcer para que o João continue a fazer história e a dar-nos razões para sonhar.
Há, no fundo, um país que sonha na roda do João. Que vibra com cada etapa e se orgulha do mérito desportivo de um rapaz de A-dos-Francos que está há duas semanas na liderança de uma das mais importantes provas de ciclismo do planeta e que não pediu permissão a ninguém para ocupar o topo do pódio. E que, aconteça o que acontecer, será sempre o nosso herói. Estamos contigo, João!