Óbidos e chocolate – por duas razões

0
838

Apaixonei-me por Óbidos muito antes de o saber. Hoje, quando olho para as suas ruelas cheias de estórias por contar e para o seu castelo com tanta história já contada, não me recordo do momento em que este lugar despertou em mim tão fortes sentimentos.
É assim também com o chocolate.
Lembro-me dos chapelinhos ou dos furinhos da Regina que me faziam brilhar os olhos, dos Smarties de todas as cores que eram contados e recontados antes de serem devorados, mas não imagino quando é que o chocolate se tornou de longe o mais apetecido de todos os doces para mim.

João Carlos Costa