Peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro 2011

0
357

Nos passados dias 29, 30 e 31 de Outubro, e 1 de Novembro, realizou-se em todo o país o peditório a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Caldas da Rainha e todas as outras localidades do concelho que participaram na recolha de donativos a favor desta Instituição de Solidariedade Social que, este ano, comemora os setenta anos da sua existência, não ficaram indiferentes a este movimento e, mais uma vez, apesar dos momentos difíceis que os Portugueses atravessam, colaboraram com entusiasmo e sentido de solidariedade na obtenção dos fundos indispensáveis às muitas actividades que a Liga promove, todas centradas no doente e seus familiares.
Nunca é de mais lembrar os objectivos da Liga Portuguesa Contra o Cancro, que se concretizam com a ajuda de todos os voluntários que, benevolamente, se empenham para minimizar o sofrimento dos que foram atingidos pela doença e o das suas famílias. São eles: Lutar contra o cancro, apoiar a pessoa com cancro e a sua família e contribuir para a investigação científica através de campanhas de esclarecimento da população, do rastreio do cancro da mama, do apoio à investigação científica e dos vários movimentos de apoio aos doentes (“Vencer e Viver”, centrado nas mulheres com cancro da mama, “MovAplar” para os doentes laringectomizados, e ainda aos ostomizados), não esquecendo os doentes carenciados, que têm ajuda na aquisição de medicamentos e nos transportes. Há igualmente uma Unidade de Psico-Oncologia, que proporciona apoio psicológico aos doentes e suas famílias.
Este ano, e depois do apuramento dos resultados do peditório no Núcleo Regional do Sul, que só há alguns dias chegou ao nosso conhecimento, sentiu-se um ligeiro decréscimo em relação a anos anteriores, o que é perfeitamente compreensível nas circunstâncias actuais. Mesmo assim, a média por cofre foi de 120,00 €. Como foram distribuídos 90 cofres na cidade de Caldas da Rainha e nas freguesias de Santa Catarina, Carvalhal Benfeito, Salir de Matos, Vidais e Tornada (Chão da Parada), tendo as outras freguesias do concelho sido contactadas directamente pela Liga, é fácil verificar a generosidade de quem contribuiu com 10.800 € para esta causa. Como responsável pela organização do peditório, resta-me agradecer profundamente a todos aqueles que participaram nesta obra meritória e transmitir-lhes o agradecimento da Presidente do Núcleo Regional do Sul da LPCC, Exmª. Srª. D. Manuela Rilvas, através das suas próprias palavras: “Sabemos que se rodeou de pessoas de boa vontade que deram o maior apoio nesta acção, pelo que gostaria que transmitisse o nosso reconhecimento pela confiança que nos vai permitir prosseguir com o nosso trabalho de apoio ao doente.”
Não foram poucos os que aceitaram andar por ruas e praças, por feiras e mercados, à saída das missas ou nos restaurantes, cafés, supermercados e lojas e ainda nas várias escolas básicas e secundárias da cidade. Temos de destacar os muitos jovens que participaram com alegria e entusiasmo nesta tarefa – os escuteiros, os jovens da catequese do Centro Paroquial de Caldas da Rainha, os alunos das Escolas Secundárias Raul Proença e Rafael Bordalo Pinheiro, do Agrupamento de Escolas D. João II e de Santo Onofre, da Escola Empresarial do Oeste e do Conservatório de Música de Caldas da Rainha. A todos, muito obrigada.

Caldas da Rainha, 27 de Dezembro de 2011.

Maria Teresa Thiran